Bloqueamento, remoção e depósito de veículos

As infrações por estacionamento proibido, para além das coimas na sequência de contraordenação, são passíveis de bloqueamento e eventual remoção da viatura, sujeitos a taxas, independentes da referida coima.

Taxas definidas na Portaria 1424/2001 – Condições e taxas devidas pelo bloqueamento, remoção e depósito de veículos, e na Portaria 1334-F/2010 – Alterações introduzidas à Portaria 1424/2001 em 31 de Dezembro de 2010.

Pelo bloqueamento de um veículo, efetuado nos termos da presente portaria, são devidas as seguintes taxas:Artigo 9º
a) Ciclomotores, motociclos e outros veículos a motor não previstos nas alíneas seguintes39€
b) Veículos Ligeiros71€
c) Veículos pesados138€
Pela remoção de ciclomotores e outros veículos a motor não previstos nos números seguintes, efetuada nos termos da presente portaria, são devidas as seguintes taxasArtigo 10º
a) Dentro de uma localidade39€
b) Fora ou a partir de fora de uma localidade, até ao máximo de 10 Km contados desde o local da remoção até ao local de depósito de veículo55€
c) Na hipótese prevista na alínea anterior, por cada quilómetro percorrido para além dos primeiros 10 Km9€
Pela remoção de veículos ligeiros, efetuada nos termos da presente portaria, são devidas as seguintes taxas:Artigo 11º
a) Dentro de uma localidade89€
b) Fora ou a partir de fora de uma localidade, até ao máximo de 10 Km contados desde o local da remoção até ao local de depósito de veículo65€
c) Na hipótese prevista na alínea anterior, por cada quilómetro percorrido para além dos primeiros 10 Km10€
Pela remoção de veículos pesados, efetuada nos termos da presente portaria, são devidas as seguintes taxas:Artigo 12º
a) Dentro de uma localidade172€
b) Fora ou a partir de fora de uma localidade, até ao máximo de 10 Km contados desde o local da remoção até ao local de depósito de veículo205€
c) Na hipótese prevista na alínea anterior, por cada quilómetro percorrido para além dos primeiros 10 Km138€
Pelo depósito de um veículo à guarda da entidade competente para a fiscalização são devidas, por cada período de vinte e quatro horas, ou parte deste período, se ele não chegar a completar-se, as seguintes taxas:Artigo 13º
a) Dentro de uma localidade15€
b) Fora ou a partir de fora de uma localidade, até ao máximo de 10 Km contados desde o local da remoção até ao local de depósito de veículo23€
c) Na hipótese prevista na alínea anterior, por cada quilómetro percorrido para além dos primeiros 10 Km39€

Portaria nº 1334-F/2010, de 31 de dezembro

Artigo 2.º
Atualização anual

Os valores das taxas previstos na presente portaria são atualizados automaticamente, em 1 de março de cada ano, em função da variação — quando esta for positiva — do índice médio de preços no consumidor, excluindo a habitação, no continente, relativo ao ano anterior e publicado pelo Instituto Nacional de Estatística, arredondando-se os resultados obtidos, por excesso, para a unidade superior.
 
Consulte aqui os valores das taxas atualizadas em 01 de março.

 

Perguntas mais frequentes (“FAQ”)

O meu veículo foi bloqueado. Como devo fazer para que seja desbloqueado?

Para desbloquear o veículo deverá telefonar para a Portipark através do número 282 400 279.

Qual o valor a pagar pelo desbloqueamento, remoção e depósito de um veículo rebocado?

O valor das coimas previstas no Código da Estrada ou no Regulamento de Sinalização de Trânsito é variável conforme a infração praticada.

Para além da coima, existem infrações onde é possível proceder ao bloqueio e remoção do veículo em infração para um parque. Nestas situações, aplicam-se as taxas que acrescem ao valor da coima correspondente à infração praticada.

Notas:
• Quando um veículo é bloqueado e removido, aplicam-se apenas as taxas correspondentes à remoção e ao depósito, e não se aplica a taxa de bloqueio.
• A taxa de remoção é sempre devida desde o momento em que o reboque chega ao local onde o veículo está em infração, mesmo quando a remoção se torna desnecessária por ser possível entregar o veículo no local onde se encontra em infração à pessoa portadora do respetivo documento de identificação.

 

E se não tiver condições para efetuar o pagamento ou não pretender fazê-lo?

Se o utente não puder ou não pretender efetuar o pagamento, o desbloqueamento não será realizado, sujeitando-se à remoção do mesmo.

Refira-se que a partir do momento em que o reboque chegue ao local onde se situa o veículo bloqueado, o valor relativo a essa remoção tem que ser liquidado. Neste caso, é devida a taxa de remoção.

 

Qual a base legal relativa ao bloqueio e remoção de veículos?

Nos termos dos artigos 163º, 164º e do artigo 169º do Código da Estrada, “(…) as autoridades competentes para a fiscalização podem bloquear o veículo, através de dispositivo adequado, impedindo a sua deslocação até que se possa proceder à sua remoção”.

Os agentes de fiscalização de estacionamento da Portipark são equiparados a Agentes de Autoridade para todos os legais efeitos, pelo que têm toda a legitimidade para autuar, bloquear ou remover quaisquer veículos em infração face ao Código da Estrada e legislação conexa.

 

Se quiser reclamar a quem me dirijo? Qual o prazo?

A reclamação em relação ao ato ou serviço da remoção pode ser apresentada no livro de reclamações existente no edifício sede.

A reclamação / defesa relativa à autuação deve ser apresentada à Portipark para a morada e nos termos indicados no verso do auto de contraordenação.